Afinal, o que são Fanfictions?

domingo, 24 de abril de 2011

A palavra "fanfiction" provém do inglês e significa, em tradução literal, ficção feita por fãs. Também conhecida pela abreviação "fanfic", ou simplesmente "fic", trata-se de uma história que baseia-se em partes ou no todo de uma obra já existente — como um filme, um livro ou um anime, para citar alguns exemplos —, com o único objetivo de entreter, e sem quaisquer fins lucrativos.

Mas por que ler ou escrever fanfictions? A resposta é bem simples: porque o universo das fics é ilimitado e sem restrições, diferente do que acontece na obra original. Isso porque, toda história bem escrita tem uma linha a ser seguida, que indica apenas uma direção. Não há espaço para se tomar rotas alternativas, explorar diferentes universos; cada ação, cada decisão de um personagem leva a um caminho, que não pode ser percorrido duas vezes. Mas muitas vezes a direção que o autor escolhe para o personagem não é aquela que o leitor gostaria que ele tomasse e, para aliviar essa frustração, ele recorre às fanfics. Seja por causa de um casal que não se formou, ou um personagem que teve um destino que não agradou, ou então apenas pela curiosidade de imaginar como tal personagem agiria em determinadas situações; as fanfics permitem ao leitor explorar esses diferentes universos e satisfazer suas vontades.

Além disso, escrever fanfictions é uma atividade que aprimora a escrita, desenvolve a narrativa e estimula a criatividade. É um ótimo exercício para quem quer começar a escrever sua própria história e, quem sabe, um dia publicá-la.

Plágio?

Plágio, como consta no dicionário, é a prática de apresentar como seu, ou imitar, um trabalho intelectual alheio. Por essa definição, algumas pessoas consideram as fanfictions como sendo uma forma de plágio, o que, tecnicamente, realmente é. Mas o que ocorre na prática, na maioria dos casos, é exatamente o contrário; as fanfictions acabam por promover a história original, atraindo a atenção de um leitor em potencial que desconhece a obra e incitando-o a conhecê-la melhor. Além de ser uma forma de homenagem, afinal,  ninguém escreve (ou pelo menos não deveria) sobre algo que desconhece ou não gosta.

Muitos autores, inclusive, iniciaram suas carreiras como ficwriters ("escritores de fics"). Um bom exemplo é a autora teen Cassandra Clare, que escreveu a série de sucesso mundial "Os Instrumentos Mortais" ("Cidade dos Ossos" e "Cidade das Cinzas" já foram lançados no Brasil pela Galera Record).

Cassandra Clare, autora da série
"Os Instrumentos Mortais"
No entanto, nem todos os autores têm essa mesma linha de pensamento, ou por algum motivo desaprovam as fanfics, por isso suas obras estão proibidas de serem postadas em sites especializados, sob risco de sofrerem um processo judicial. Portanto, é sempre bom estar atento a isso. No FanFiction.Net, por exemplo, há uma lista desses autores na área de regras de conduta ("Guidelines").

Por questões éticas, é sempre recomendável colocar um Disclaimer (declaração de isenção de posse) no cabeçalho de sua fanfic, dedicando todos os direitos autorais da obra em que a fic foi baseada a quem lhe pertence de direito.

Sites especializados

Na internet, existem diversos sites dedicados ao gênero, onde se pode ler fanfictions das mais variadas categorias e postar suas próprias histórias. O mais famoso e com o maior acervo conhecido é o FanFiction.Net. O site é todo em inglês, mas possui classificações em diversas línguas, inclusive o português. É um site leve, especificamente voltado para fanfictions (para histórias originais, eles têm um site "irmão" chamado FictionPress), com diversas categorias e um ótimo sistema de filtragem — assim, o leitor pode escolher o idioma, os casais, o gênero, o rating, etc., do que deseja ler. Além disso, há a opção de enviar reviews (comentários) sem precisar possuir uma conta no site. Para quem procura um local apenas para ler fics, não vai encontrar tanta dificuldade em interagir com o site. Porém, aos que querem postar suas histórias, o idioma do sistema pode ser um obstáculo se você não tiver um inglês técnico. Se for o seu caso, clique aqui e siga o passo-a-passo do tutorial que criei explicando como proceder para postar no FFnet.

Há também os sites nacionais, dos quais o mais conhecido — e que eu recomendo — é o Nyah! Fanfiction. O Nyah possui diversos recursos bastante interessantes que o FFnet não possui, como postagem de fics em parceria com outros escritores, visualização das respostas de reviews publicamente e a possibilidade de se postar histórias originais no mesmo site. Possui um sistema interessante e estimulativo de pontuação, vantagens no Nyah club — uma conta paga, para ajudar a cobrir os custos de servidor —, possibilidade de incluir capas e imagens nas histórias, entre outros. Também possui algumas desvantagens, como só poder enviar comentários se você possuir uma conta no site e estiver logado, ser um pouco mais pesado para carregar por causa das imagens e não possuir um filtro tão eficiente quanto o do FFnet. Mas as vantagens realmente superam esses pequenos problemas.

Outros sites nacionais que merecem ser citados são o AnimeSpirit e o FFSol. Certamente existem outros, mas estes são os mais famosos e com o maior acervo que eu conheço.

Ainda falta esclarecer que existe toda uma nomenclatura específica no mundo das fanfictions, que são essenciais para entender certos aspectos de uma história. Mas isso fica para um outro post.

De Ficwriter Para Ficwriter
E, para encerrar, navegando pela internet encontrei este blog bastante interessante, que ensina a muitos ficwritters e escritores amadores a construir uma boa narrativa, com dicas de estruturação de histórias e aulas de gramática. Fica a dica. ;)

3 comentários:

Luna Rocks disse...

*O* Adorei o 'artigo'. E também gosto de ler Fanfics (já que não tenho talento algum pra escrever, cofcof) porque gosto de ler a versão 'o que aconteceria se ele tivesse seguido um outro caminho, ou outras decisões'.

Não me lembro, mas tem alguns autores hoje em dia que fizeram muito sucesso na internet com suas fics. off: e menina, preciso te contar um babado sobre a Cassandra Clare pra você, hahahaha XD

Mas o que acho uma grande besteira são autores proibirem que escrevam fanfics sobre seus personagens. Se a pessoa dá os devidos créditos, eu não vejo problema nenhum. u.u

Mye-chan disse...

Sara, uma coisa que eu descobri é que não precisa ter talento para se escrever fanfics. Tem tanta gente que escreve cada coisa horrível, mas faz o maior sucesso, e outras que escrevem maravilhas, mas são bem impopulares. ú.u (No meu caso foi sorte mesmo. XD)

É sobre a história do plágio? XD Depois me explica melhor, eu li meio por cima essa história de plágio envolvendo a Cassandra. Mas só usei ela como exemplo porque não me lembrava de nenhum outro mais famoso.

É, é chato isso de proibirem. Mas, vai saber? Às vezes nem é porque é uma forma de plágio. Tem séries, por exemplo, que tem várias sequências com histórias diferentes em cada uma. E se autora escrever um livro que seja parecido com alguma fic, aí pode ocorrer o efeito contrário, e ela ser processada. Às vezes é por isso que eles proíbem, para não dar nenhum rolo depois. A J.R. Ward, a Anne Rice e a Nora Roberts estão entre esses autores, e elas têm séries assim. Bem, pelo menos, essa é a minha teoria. =/

Luna Rocks disse...

Ai, é verdade, tem tanta fanfic, que olha... u_u hahahaha! Mas olha, você não teve sorte, tem talento, isso sim menina. XD

Sim, é sobre o plágio, eu sei só um pouco da história, já que eu não acompanhei de perto todo o babado (Har! XD)só acho que sinceramente foi estranho, não da parte dela, mas das pessoas que começaram a falar que ela estava plagiando. Bem, depois nós conversamos sobre isso... 9.9 uahhauhua

Nossa! o.o Eu nunca tinha pensado nisso sabia?