Como se livrar de um vampiro apaixonado - Beth Fantaskey

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Autora: Beth Fantaskey
Editora: Sextante
Sinopse: Casar-se com um vampiro certamente não estava nos planos de Jessica Packwood para seu último ano escolar. Mas quando um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e está prometida em casamento a ele, futuro líder do clã mais poderoso dos vampiros, ela é obrigada a rever seus conceitos. Se a garota ainda nem beijou na boca, como pode sequer pensar em um compromisso eterno? Armada com uma autoconfiança recém-adquirida, Jessica passa por uma transformação drástica de adolescente nerd americana para princesa vampira européia nessa sátira cheia de reviravoltas e surpresas.

Este é um livro que me cativou do primeiro capítulo até a última linha. Apesar de estarmos em uma era saturada de livros sobre o tema, ele consegue se destacar logo de cara pelo título, que puxa pelo lado cômico. Mas diferente do que isso possa aparentar, não se trata de uma história recheada de paródias forçadas e carente de conteúdo, com o propósito de satirizar as histórias de vampiros existentes; muito pelo contrário. O humor está presente sim, mas de modo inteligente; aparece em forma de diálogos criativos e recheadas de tiradas sarcásticas. O trecho abaixo é apenas uma amostra disso, além de ser um dos meus favoritos:
— Experimente o vestido.
— Eu tenho muitas roupas - insisti.
— É. E deveria jogar todas fora. Especialmente a camiseta com o cavalo branco e o coração. Qual é o propósito daquilo?
— Mostrar que eu amo cavalos árabes.
— Eu amo carne mal-passada, mas não ando com a imagem de um bife sangrento no peito. 
E, para as românticas incorrigíveis como eu, o livro certamente não vai decepcionar. Há uma história de amor se desenrolando ao longo dos capítulos, que começa com uma leve atração e se desenvolve em um amor verdadeiro e nobre, disposto a qualquer sacrifício.

À princípio,  Jessica — que sempre fora uma garota racional e de uso da lógica — se recusa a acreditar naquela história fantasiosa e aceitar Lucius em sua vida, mesmo com seus pais adotivos confirmando cada palavra. Acreditar em Lucius significava ir contra tudo o que ela sempre teve como verdade absoluta: 1.) vampiros eram seres mitológicos da ficção, e 2.) seus pais biológicos faziam parte de uma seita secreta, e por isso foram mortos. Mas a convivência com Lucius e uma série de acontecimentos estranhos a fazem perceber que talvez sempre estivera errada. Por outro lado, à medida que Lucius passa a conhecer Jessica melhor, ele percebe que talvez haja um interesse muito maior e sombrio por trás da união dos clãs; um interesse que pode acabar com a vida de uma pessoa que ele ama. Agora cada um terá que fazer uma escolha, que poderá selar o futuro deles para sempre.

Enfim, "Como se livrar de um vampiro apaixonado" é uma leitura divertida e emocionante, temperada com boas doses de humor, romance e drama, personagens carismáticos (chega de mocinhas apáticas e sem personalidade!) e um roteiro original e inteligente. Leitura obrigatória para quem procura por algumas boas horas de diversão e romance.

Informações adicionais (e possíveis spoilers):


O livro conta até o momento com duas sequências, sendo que uma delas foi disponibilizada no site da autora e relata o casamento de Lucius e Antanasia, tentando preencher possíveis lacunas deixadas no primeiro livro e mostrando a transição da adolescente americana para a rainha vampírica. O segundo livro, "Jessica Rules the Dark Side" será lançado em dezembro deste ano nos Estados Unidos, e ainda não tem previsão para chegar aqui no Brasil. Mas, se souber um pouco de inglês, você pode ver uma prévia aqui, no site da autora. O casamento de Lucius e Antanasia também pode ser lido aqui pelo site da Editora Sextante, que gentilmente traduziu e disponibilizou o conteúdo online. Acessando também o hotsite brasileiro do livro, clicando aqui, você encontrará mais informações, vídeos, wallpapers e outras coisas para baixar, além de poder ler uma prévia do primeiro livro.

4 comentários:

Luna Rocks disse...

Ai, você sabe como eu amo esse livro né? XD hahahahaha

Como você disse, ele é divertido, engraçado, com diálogos engraçadissimos, o Lucius é especial sem ser o típico protagonista meloso demais (mas não deixa de ser um LINDO) XD

Adorei a resenha!!! =x

Mye-chan disse...

Sim, ele é lindo mesmo. E obrigada pelo comentário. =] Será que um dia eu irei conseguir fazer uma resenha de um livro que você não tenha lido? Acho difícil, né? XD

Mai Saito disse...

Olha, eu amo amei o livro.
Amo os protagosnitas pelo simples fato de eles não serem um par de bunda-moles como na maioria dos livros do gênero.Ambos tem personalidade e atitude, principalmente a Jessica que vai atrás do que quer, em vez de ficar só suspirando pelos cantos!

Hell yeah! u.u

E faça resenha de um livro japonês. Duvido a Sara ter lido. uahuehauheuha XD

Mye-chan disse...

Eu também nunca li um livro japonês. ú.u Ainda se fosse sobre um mangá... Mas aposto que ela já leu todos os tipos de mangá, considerando que ela viu até o anime de padeiro. XD