Sorte do Orkut

sábado, 31 de maio de 2008

"Sorte de hoje: Pare de procurar eternamente; a felicidade está bem ao seu lado."

Direito ou esquerdo? i.i

(PS: Pra que vidente se eu tenho o orkut? XD)

Homenagem aos plagiadores!

domingo, 18 de maio de 2008

Plágio
Tarcísio Ribeiro Costa

Plágio, nada mais vil
do que subtrair
dos outros, uma criação...
O ignóbil plagiador
não tem consciência,
se a tem é conspurcada,
É um ser sem inspiração,
Vive à contra-mão da verdade,
Vive num mundo de ilusão,
Na verdade, é um ladrão...
Sem capacidade...

Malditos Plagiadores

sábado, 17 de maio de 2008

Para quem não sabe, sou escritora de fanfictions nos meus tempos livres e publico minhas histórias no site Fanfiction.Net.

Pois bem, descobri recentemente que fui vítima de um plágio já há quase 5 meses... A bitch (para não chamá-la de algo mais vulgar) que me plagiou teve a audácia de postar a minha fic em um site nacional relativamente famoso, mudando levemente o título da história de "Sorvete!" (no original) para "Sorvetinho — Sorvete + Beijinho". De restante, copiou a sinopse e todo o texto, tirando as minhas notas de autora, claro, e inserindo as dela: "Nháá não me matem gentii se fico ruiim pod joga na cara mesmo hauhauha". O mais incrível é que, mesmo com essa pobre forma de escrita demonstrada em sua nota, ela conseguiu enganar os leitores, que nem desconfiavam de que se tratava de um plágio e despejavam elogios para a falsa autora. Mas, tudo bem, como sei que, independente de quem postou, os elogios foram direcionados à verdadeira autora da história, eu me sinto elogiada.

Sinceramente, não sei o que essas pessoas - os plagiadores - têm na cabeça. Desconfio de que nem um grão de massa cerebral deve haver, pois aí explicaria a falta de capacidade mental para escrever uma história própria. Mas, ora, para que se dar ao trabalho de escrever uma história se ela pode simplesmente pegar uma pronta, fazendo o máximo de esforço ao usar um Ctrl+C e um Ctrl+V, não é mesmo? *Note o sarcasmo, por favor* ù.u

Pessoas como essa garota merecem quebrar a cara, porque não demonstram ter caráter e muito menos respeito pelo próximo. São invejosos e preferem utilizar-se do meio mais fácil e sem esforço para ter algum reconhecimento, pois com o esforço próprio elas nunca conseguiriam nada.

E se algum desses plagiadores se sentiu "ofendido", eu o desafio a pelo menos tentar escrever algo de seu próprio cunho. Mas, isso é impossível, não é mesmo? Caso contrário, não teriam que recorrer a algo tão baixo e repugnante como roubar o talento alheio.

As doenças e a relação com os sentimentos

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Parece besteira, mas eu achei até que válido... e interessante! ;D Se você considerar que tudo o que move o mundo é energia, e sentimentos tem o poder de gerar energias positivas e negativas, a relação com as doenças pode até ter um valor científico. Além disso, não custa tentar, afinal, é muito melhor do que ficar tomando remédio atrás de remédio.

"Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar. Quando estamos empacados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais. Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram de um espaço onde não houve perdão. Perdoar dissolve o ressentimento."

Meu primeiro blog! \o/

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Pois é, por incrível que pareça este é o primeiro blog que faço. E, para falar a verdade, eu nunca pensei em fazer um antes, por achar isso uma inutilidade. Afinal, para que eu iria querer ter um diário online em que qualquer um poderia ler sobre minha vida íntima e totalmente particular? ú.u


Mas foi aí que percebi que o blog não servia apenas para isso, e um novo mundo de possibilidades se abriu diante dos meus olhos.

Aqui eu pretendo, basicamente, falar de tudo o que eu mais amo: ler e escrever. Não poderia classificar como um blog literário exatamente, pois não pretendo apenas fazer resenhas de livros que li e recomendo (ou não), como também quero postar textos ou trechos de histórias que gostei, comentar sobre filmes ou seriados que vi recentemente e talvez até mesmo postar algumas de minhas próprias escritas.

Estou muito empolgada! Culpa da Mai, ela que me incitou, e esse negócio de blog vicia!

Só queria poder mudar o template, tem poucas opções à disposição e a maioria é tão sem-graça... Alguém sabe como faço um novo?

Ah, vou caçar na net! ;D

See you later!